Santo André de novo candidata a Eco-Freguesia e Junta quer “muito mais” para 2020 e 2021

A Junta voltou a candidatar Santo André para o galardão “Eco-Freguesia XXI”. Recorde-se que esta é uma iniciativa dinamizada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), que visa trabalhar com as freguesias no sentido do desenvolvimento de eco-comunidades ou comunidades sustentáveis. Após a conquista do galardão em 2019, a Freguesia de Santo André é de novo candidata a receber o galardão Eco-Freguesia XXI, que vai ser atribuído em 2021.

Santo André foi uma das únicas duas freguesias em todo o Alentejo a receber o galardão em 2019 e o Presidente da JFSA, David Gorgulho, quer “muito mais” para 2020 e 2021. “Iniciámos um trajeto em 2018, que queremos que se estenda no tempo. Há uma mudança de mentalidades que tem de ser feita no domínio das questões ecológicas, ambientais e da sustentabilidade. É um caminho longo, que não se esgota na obtenção de galardões. Sempre dissemos que sermos considerados Eco-Freguesia era um importante meio para imbuirmos Santo André neste espírito. Cada pessoa, cada família, cada empresa ou instituição, tem as suas responsabilidades neste processo. Acreditamos muito nas pessoas de Santo André. Já se notam diferenças em relação a 2018 nos hábitos dos habitantes e nas suas preocupações”, sublinha David Gorgulho.

Sobre o galardão para 2021, o Presidente da JFSA pretende “consolidar o que de bom fizemos e trabalhar melhor as áreas que não mereceram avaliação tão alta por parte da ABAE em 2019. Mas o mais importante é mesmo o trabalho junto da população. Claro que há ações mais globais que iremos desenvolver, nomeadamente em termos de reflorestação, de ações de sensibilização, do reforço de limpeza de determinados espaços públicos, ou na continuação da remoção de viaturas abandonadas, estas duas últimas em conjunto com a Câmara Municipal”. David Gorgulho adianta ainda que, “na Junta, já decorre de novo a ação Eco-Funcionários” e que “é intenção voltar a repetir o concurso Eco-Famílias, entre outras iniciativas”.

O Eco-Freguesias XXI estrutura-se no desenvolvimento e motivação para a implementação de diversas ações/projetos à escala local, tendencialmente de carácter participativo e que contribuem para a transformação, no sentido de uma comunidade mais sustentável.

O Eco-Freguesias XXI , enquadra-se em todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Agenda 2030, apresentando-se como uma estratégia para incrementar a sustentabilidade local, valorizando os processos de cidadania participativa e reconhecendo as freguesias que melhor  qualidade de vida oferecem aos seus habitantes.

Procura, através da existência de uma candidatura bienal, valorizar percursos, avaliar processos e reconhecer resultados que se materializam através da atribuição do galardão Eco-Freguesia XXI.

Partilhe
简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItalianoPortuguêsРусскийEspañol