O que faz a Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) pela população?

Decorreu, no dia 17 de maio, mais uma sessão do projeto “Saúde com ASAS” com o tema “Unidade de Cuidados na Comunidade de Santiago do Cacém – O que fazemos pela população”, da responsabilidade da UCC – Unidade de Cuidados na Comunidade da ULSLA.

Tratou-se de uma sessão informativa, dirigida pela Enfermeira Judite Henriques e pela Enfermeira Patrícia Pavia, onde os participantes livremente colocavam as questões que lhes eram mais pertinentes sobre este serviço.

Deu início à sessão a Enf.ª Judite, referindo as estruturas que compõem o serviço de saúde local. Aqui foi explicado que o anteriormente conhecido “Centro de Saúde” se encontra divido em UCSP (Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados) e UCC (Unidade de Cuidados na Comunidade). Estas novas estruturas são responsáveis pela prestação de cuidados dentro do centro (UCSP) e fora deste, na comunidade e domicílio (UCC).

Inaugurada em 2009, a UCC conta com uma equipa de 8 técnicos, que abrangem uma área total de 1060 km2, correspondente a 27.751 utentes. Tem desenvolvido projetos em diversas áreas (saúde materna; saúde infantojuvenil; saúde do idoso; saúde escolar). Alguns dos projetos desenvolvidos pela UCC são as tampas solidárias, em que a recolha é feita no centro de saúde e “Medicação mão em mão”, em que os fármacos em excesso, dentro da validade e não consumidos pelos utentes, podem ser entregues no centro de saúde para serem distribuídos por utentes carenciados que não têm possibilidade de os comprar.

Relativamente à enfermagem de reabilitação, a Enf.ª Patrícia Pavia explicou que esta é vocacionada para o utente e para a família, sendo alguns dos objetivos o apoio ao cuidador, promoção da saúde e a reinserção social do utente. Tem como focos a reeducação funcional motora, o treino cognitivo / sensorial e treino de atividades da vida diária. Promove também o envelhecimento ativo através de encontros de idosos em diferentes freguesias.

Esta sessão contou com duas dezenas de particpantes, com idades entre os 59 e 78 anos, que ativamente contribuíram para o debate, numa sessão enriquecedora para todos os presentes.

简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItalianoPortuguêsРусскийEspañol