Santiago do Cacém – Litoral Alentejano – Portugal

Gestão e Gerência da Junta 2016 aprovados por unanimidade na Assembleia de Freguesia

O Relatório de Gestão e a Conta de Gerência 2016 da Junta de Freguesia de Santo André foram aprovados por unanimidade na Assembleia de Freguesia realizada no dia 10 de abril. Todos os eleitos da CDU e do PS votaram a favor dos documentos apresentados pelo executivo da Junta. Os eleitos do PSD e do BE não marcaram presença na Assembleia. Foi também aprovada por unanimidade a Tabela de Taxas 2017, que não sofreu alterações em relação a 2016.

GESTÃO

No seguimento dos exercícios anteriores, a gestão do ano económico de 2016, na Freguesia de Santo André, pautou-se, uma vez mais, pelo excelente equilíbrio orçamental, assente num planeamento atempado e cuidado, no controlo da execução e na dedicação permanente ao serviço da causa pública.

Sem prejuízo das conhecidas limitações financeiras, que consequentemente restringem os recursos humanos e materiais, na ação e no pensamento da gestão da autarquia esteve sempre patente a melhoria da qualidade de vida das populações. O executivo da Junta de Freguesia de Santo André procurou sempre a sustentabilidade orçamental, tendo em conta as receitas arrecadadas. Nunca procurou “dar um passo maior que a perna”, demonstrando sensatez, mas também experiência, coerência e coragem.

É de realçar que a gestão, no ano económico de 2016, já não contou com receitas provenientes da participação comunitária do Estado em projetos cofinanciados, nomeadamente do PROMAR, que foram regularizadas no ano de 2015. Ainda assim, e mesmo tendo em conta todas as limitações, o executivo resistiu a todas as contrariedades, recusando o recurso a crédito, optando por uma gestão sem folgas, mas congruente.

GERÊNCIA

No ano de 2016, a gerência da Junta de Freguesia de Santo André contou com 422,360.48 euros, transitando para o ano de 2017 um saldo de 635,11 euros. De referir, à semelhança dos anos anteriores, os elevados graus de execução orçamental, que foram de 90,77 % na receita e de 90,62 % na despesa.

Entre vários indicadores relevantes, destaque para o novo recorde no apoio financeiro ao movimento associativo da Freguesia, no valor de 34.490.83 euros, com um grau de execução orçamental a roçar a perfeição (99,97 %). Recorde-se que já em 2015 a Junta fixou um novo recorde no investimento feito na freguesia, no valor de 84 614,06 €, com um nível de execução orçamental de 98,5%.

Consulte os detalhes nos links abaixo:

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone
Notícias
Informações Úteis
Siga-nos no Facebook
O Tempo em Santo André
Destaques
Farmácias de Serviço no Conselho de Santiago do Cacém